Os melhores materiais de construção: guia para escolher o certo

Tempo de leitura: 9 min

Escrito por isabella
em novembro 29, 2023

Dentro de um plano de projeto imobiliário, a escolha dos materiais de construção mais apropriados é essencial, pois as decisões tomadas refletem na durabilidade e qualidade de casas, apartamentos, sobrados e outros modelos de moradia.

Com uma infinidade de opções disponíveis, é essencial selecionar os melhores materiais de construção para garantir resultados satisfatórios.

Versatilidade e resistência na construção civil

A versatilidade e resistência tornam o concreto uma escolha frequente em uma ampla gama de projetos.

Uma das principais vantagens do concreto, que exige, em determinados casos, o aluguel de betoneira, é sua capacidade de se adaptar a diferentes formas e tamanhos. Isso ocorre devido à sua composição básica, que consiste em:

  • Água;
  • Areia;
  • Brita;
  • Cimento.

Um aspecto importante a se considerar é a durabilidade do concreto. Ele é conhecido por sua resistência a intempéries e agentes químicos.

Sua estrutura sólida e densa aplicada após um levantamento planialtimétrico, por exemplo, quando bem projetada e executada, pode resistir ao desgaste causado pela exposição ao clima, umidade e substâncias corrosivas.

Essa durabilidade faz do concreto uma escolha confiável para construções que precisam enfrentar condições adversas ao longo do tempo.

Beleza natural e isolamento térmico na construção

Um dos principais atrativos da madeira é a sua beleza natural, que confere um toque de rusticidade e elegância aos ambientes construídos. Sua textura, padrões de grãos e variedade de tons criam uma atmosfera acolhedora e esteticamente agradável.

A madeira pode exigir a locação de ferramentas elétricas, sendo frequentemente utilizada em pisos, revestimentos de parede e móveis, proporcionando um ambiente aconchegante e agradável.

A madeira também é valorizada por sua capacidade de isolamento térmico. Ela possui uma baixa condutividade térmica, o que significa que é um isolante natural eficiente.

Isso ajuda a manter uma temperatura confortável nos interiores, contribuindo para a eficiência energética das edificações. No entanto, é importante considerar as diferentes espécies de madeira e suas características específicas.

Por exemplo, o pinus e o eucalipto são duas espécies comumente utilizadas na construção. O pinus é conhecido por sua disponibilidade e custo acessível, além de sua resistência e durabilidade. É frequentemente utilizado em estruturas, como vigas e pilares.

Por outro lado, o eucalipto é valorizado por sua rapidez de crescimento e sustentabilidade. Sua madeira é resistente e pode ser utilizada em diversas aplicações, como pisos e móveis.

No entanto, é importante destacar que, assim como outras espécies de madeira, o eucalipto pode ser suscetível a pragas, como cupins. Portanto, é necessário realizar tratamentos apropriados para proteger a madeira contra esses insetos.

Ao considerar a escolha da madeira como material de construção, é essencial avaliar as vantagens e desvantagens de cada tipo de madeira.

Além da beleza e isolamento térmico, é importante considerar fatores como disponibilidade, custo, resistência e durabilidade. Também é fundamental adotar medidas de proteção e manutenção adequadas para garantir a longevidade do material.

Resistência e durabilidade em estruturas metálicas

O aço carbono, devido às especificações técnicas, como a composição de ferro e carbono, é o modelo mais empregado na construção civil, tudo porque suas características lhe conferem alta resistência mecânica.

Essa resistência é especialmente importante quando se trata de suportar cargas e forças externas. O aço carbono é frequentemente utilizado em estruturas onde a resistência é primordial, como:

  • Pilares;
  • Pontes;
  • Treliças;
  • Vigas.

O o aço inoxidável , por outro lado, também é muito empregado, principalmente por ser resistente à corrosão. Ele contém uma quantidade significativa de cromo, que forma uma camada protetora na superfície do aço, evitando a oxidação e prolongando sua vida útil.

O aço inoxidável é muito empregado quando o ambiente ao qual esse material é exposto se mostra úmido ou tem contato com produtos químicos ou ambientes corrosivos, como em equipamentos industriais, tubulações e estruturas marítimas.

Uma das características mais importantes do aço é a sua elevada resistência à tração. Isso significa que ele pode suportar grandes forças de tensão sem se deformar ou romper.

Essa propriedade é especialmente relevante em estruturas que precisam resistir a cargas suspensas ou forças de tração, como pontes pênseis e cabos de elevadores. A resistência à tração do aço permite a construção de estruturas seguras e confiáveis.

Tijolos e blocos na construção de estruturas

A alvenaria exige cursos normas regulamentadoras, pois se trata de um método construtivo amplamente utilizado, que consiste em erguer paredes e estruturas utilizando tijolos, blocos de concreto ou pedras.

O tijolo cerâmico é um dos materiais mais comuns e tradicionais utilizados na alvenaria. Ele é feito de argila e passa por um processo de queima em alta temperatura.

Os tijolos cerâmicos têm como característica a capacidade de isolamento térmico, alta durabilidade e resistência. Ele é capaz de absorver e dissipar o som, reduzindo a propagação de ruídos indesejados entre os ambientes.

Essa característica é especialmente importante em áreas urbanas onde a privacidade e o conforto acústico são essenciais.

Por outro lado, o bloco de concreto é uma opção mais moderna e versátil para a construção em alvenaria. Ele é produzido pela mistura de cimento, agregados e aditivos, que são moldados em formas e curados para adquirir resistência.

Os blocos de concreto são conhecidos por sua durabilidade, resistência mecânica e facilidade de montagem, e podem ser fabricados em diferentes tamanhos e formatos, permitindo uma variedade de possibilidades de design e construção.

Eles podem ser utilizados em paredes estruturais ou não estruturais, oferecendo flexibilidade e adaptabilidade aos projetos.

Transparência e luz natural na construção

O vidro sempre esteve presente na construção civil moderna, principalmente por toda transparência, mesmo quando possui pigmentos coloridos, e ainda assim permite a entrada de luz natural.

O modelo laminado é composto por duas ou mais camadas de vidro, unidas por uma lâmina intermediária de material plástico, geralmente PVB (polivinil butiral). Essa camada interna confere ao vidro laminado maior resistência e segurança em comparação com o comum.

Em caso de quebra, os fragmentos de vidro tendem a aderir à camada intermediária, reduzindo o risco de ferimentos.

Por esse motivo, o vidro laminado é frequentemente utilizado em aplicações que envolvem segurança, como fachadas de prédios, janelas de alta performance e divisórias internas.

Além disso, o vidro laminado também oferece benefícios em termos de isolamento térmico e acústico. A camada intermediária de material plástico ajuda a reduzir a transferência de calor e som, contribuindo para um ambiente mais confortável e eficiente energeticamente.

Essa propriedade é especialmente relevante em regiões com variações extremas de temperatura e em áreas urbanas com alta exposição a ruídos externos.

Outro tipo de vidro amplamente utilizado na construção é o vidro temperado, que passa por um processo de aquecimento e resfriamento rápido, o que resulta em uma estrutura molecular mais resistente.

O vidro temperado está presente em locais que exigem sua alta resistência mecânica, reforçando a segurança. Quando esse tipo de material quebra, os fragmentos são compactos, não pontiagudos, o que reduz, de fato, qualquer risco de ferimento grave.

Por isso, é comumente utilizado em aplicações que exigem segurança, como portas, janela de vidro sob medida, box de banheiro e fachadas de edifícios.

Dicas para escolher os materiais de construção

Escolher os melhores materiais para uma construção é essencial para garantir a qualidade, durabilidade e segurança do projeto.

Cada tipo de construção possui suas próprias necessidades e exigências, por isso é importante considerar alguns aspectos ao selecionar os materiais adequados.

Nesta seção, apresentamos 4 dicas para ajudar na escolha dos melhores materiais para diferentes tipos de construção.

  1. Entenda as necessidades do projeto

Antes de escolher os materiais, é fundamental compreender as necessidades específicas do projeto, a necessidade de entrar em contato com um distribuidor de materiais elétricos e outros elementos essenciais.

Considere fatores como o ambiente em que estará inserido e as demandas estruturais e funcionais da edificação, assim como o tipo de construção, seja ela:

  • Comercial;
  • Industrial;
  • Recreativo;
  • Residencial.

Isso ajudará a determinar quais materiais são mais adequados em termos de resistência, isolamento térmico e acústico, durabilidade, entre outros aspectos.

  1. Pesquise e compare diferentes opções

O mercado permite a realização de pesquisa e comparação entre as mais diversas opções disponíveis de materiais.

Avalie também as características específicas de cada material, e até mesmo a instalação de câmeras, como resistência, durabilidade, facilidade de aplicação e manutenção.

Essa pesquisa permitirá tomar decisões informadas e escolher os materiais que melhor atendam às necessidades do projeto.

  1. Considere a sustentabilidade

A sustentabilidade, dentro de suas características, tem ganhado cada vez mais espaço no setor da construção civil. Ao escolher materiais, leve em consideração seu impacto ambiental. Opte por materiais recicláveis, de fontes renováveis e com baixa emissão de poluentes.

Além disso, considere a eficiência energética dos materiais, que podem ajudar a reduzir o consumo de energia ao longo da vida útil da construção.

Escolher materiais sustentáveis contribui para a preservação do meio ambiente e para a obtenção de certificações e selos de sustentabilidade.

  1. Consulte profissionais especializados

Busque a orientação de profissionais especializados, como arquitetos, engenheiros, uma empresa de limpeza terceirizada e consultores, para auxiliá-lo na escolha dos melhores materiais.

Esses profissionais possuem conhecimento técnico e experiência na seleção de materiais adequados para diferentes tipos de construção.

Eles podem fornecer informações valiosas sobre as características, vantagens e desvantagens de cada material, ajudando a tomar decisões mais embasadas.

Conclusão

A escolha dos materiais de construção certos é de extrema importância para o sucesso de qualquer projeto.

Ao considerar aspectos como resistência, custo-benefício, sustentabilidade e estética, é possível garantir um empreendimento durável, econômico e ecologicamente responsável.

Portanto, ao iniciar qualquer construção ou reforma, lembre-se de pesquisar, comparar e analisar as opções disponíveis, visando sempre obter os melhores materiais e alcançar resultados superiores.

Afinal, a qualidade de uma construção está diretamente ligada à qualidade dos materiais utilizados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, em parceria com o site Blog Nasocial, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade